Homenagem aos 41 anos da Fundação Hilton Rocha em discurso proferido na Assembléia do Estado de Minas Gerais, em 05 de março de 2020

 

Ao completar 41 anos, a Fundação Hilton Rocha, continua sendo referência de qualidade e compromisso com a saúde oftalmológica na América Latina. E, é com muito orgulho que  estamos recebendo essa homenagem feita pela Assembleia Legislativa de Minas Gerais, por meio da indicação do  deputado Estadual Charles Silva do Partido Republicano, endossada  pelo Deputado  Federal e Presidente Estadual do Republicanos Gilberto Abramo,  pelos  Deputados Estadual Carlos Henrique, Mauro Tramonte e Deputado Federal Lafayette AnDrada.

Minhas palavras são de agradecimento. Primeiro a Deus, nosso mestre maior, que nos ilumina para fazer do exercício da medicina  um compromisso de amor, paciência e sabedoria.

Quero agradecer ao Professor Ruy Muniz, e destacar aqui, o seu protagonismo à frente da Fundação Hilton Rocha.

Em novembro de 2005, a SOEBRAS, assumiu a gerência dessa instituição, dotando-a de reformas e investimentos. Tanto amor e dedicação idealizada pelo seu fundador, o Professor Hilton Rocha, se materializou em uma instituição de excelência, que hoje nos enche de orgulho.

E  nada disso seria possível se também não tivéssemos como parceiro o nosso eterno presidente Prof Dr  Cristhiano Barsante , aqui presente, que sempre esteve ao nosso lado nessa caminhada, e também pelo trabalho do nosso corpo clínico, dos residentes, dos colaboradores; todos comprometidos em proporcionar o que há de melhor  na oftalmologia. Quero reafirmar: Sem vocês, nada disso seria possível.

A nossa Fundação está situada numa região privilegiada, na Serra do Curral, uma iniciativa ousada e inovadora do ícone da Oftalmologia o Professor Hilton Rocha,natural de Cambuquira, no Sul de Minas. O professor Hilton Rocha sempre foi um visionário. Até hoje nos surpreendemos com sua vasta contribuição para a oftalmologia. Especializou-se em 1942 na Escola Francesa de Oftalmologia e, com 31 anos, tornou-se professor cateDrático da UFMG, quando atuou no Hospital São Geraldo. Em 1959, fundou e coordenou o curso de especialização em Oftalmologia e, em 1970, criou o doutorado em oftalmologia na Universidade Federal de Minas Gerais. Entrou para a Academia Mineira de Letras em 7 de outubro de 1971, tendo recebido diversos títulos, medalhas e homenagens. Escreveu a obra “Páginas Esparsas”, uma coletânea em três volumes, na qual transcreve alguns de seus discursos e narra a vida dos principais cegos da história. Criou o Conselho Regional de Medicina, onde foi o primeiro médico cadastrado tendo CRMMG 001. Criou em 1979 o instituto filantrópico que viria a ter o seu nome: a nossa amada Fundação Hilton Rocha. Ele nos deixou em 23 de maio de 1993, mas o seu legado é enorme, inestimável e inesquecível.

Eu sempre sinto muita emoção ao falar do Professor Hilton Rocha. Fui aluna da Escola do Professor e voltei a instituição, em 2005, para dar continuidade a essa história. Com humildade, procuro seguir seus passos, e preservar esse amor à oftalmologia, junto com toda essa grande família, que aprendi a amar.

Quero agradecer a todos vocês, e externar todo o meu respeito e carinho a cada um que contribuiu para que estivéssemos reunidos aqui nessa homenagem e aos que estão atuando hoje, e participando desse momento tão especial da Fundação Hilton Rocha. O Professor Hilton Rocha sempre quis ofertar à melhor visão e que todos tivessem acesso à mesma qualidade de atendimento médico. Num dado momento da história, o Professor Hilton Rocha, fez uma cirurgia, no presidente interino, que na época, era o General Golbery Couto Silva. E este, por sua vez,  voltou para agradecer o tratamento recebido. Então, o Professor Hilton Rocha, o levou à Serra do Curral (ainda não existia ali, nem a Praça do Papa). Então,  ele  falou do seu sonho de construir um hospital naquele local.

E disse: ”Assim como o senhor voltou a enxergar, eu tenho um sonho de construir aqui neste lugar um hospital para atender tanto os que podem pagar e especialmente os menos favorecidos. Lembrando, que o professor Hilton Rocha, já atendia sem ônus no Hospital das Clínicas, o Hospital São Geraldo. Assim, ele conseguiu a licença para construir na Serra do Curral. E junto com Dr. Cristiano Barsante, Dr. Paulo Galvão (in memorian), e o Professor Emyr Soares (in memorian) criaram o Complexo Hospital de Olhos, e na escritura eles doaram o terreno para a construção da Fundação Hilton Rocha.

Hoje, os nossos pacientes conseguem ter a visão mais linda de Belo Horizonte. E, nós que estamos dando continuidade a esse trabalho, conseguimos enxergar o que o mestre Professor Hilton Rocha, já tinha percebido antes: que “para ver basta ter olhos, mas para enxergar é preciso ter alma”.

Sim é, é preciso ter uma visão ampla, acolhedora, humanitária, e que vá além do olhar. Nós, que somos da “escola do Professor Hilton Rocha” temos esse amor, esse carinho pelo serviço, pela continuidade dessa obra. Lembrando que somos guardiões da saúde e que  a medicina, não é só uma profissão, mas acima de tudo uma missão de amor  ao próximo. Acompanhei estes 15 anos de evolução da Fundação Hilton Rocha e sou imensamente feliz por perceber os avanços tecnológicos, acadêmicos e científicos que passamos durante esta trajetória. E nossa caminhada é sempre no sentido do progresso.  A cada dia, a família Hilton Rocha, se esforça para dar continuidade ao  trabalho do Professor, somadas a visão idealista e empreendedora do Prof. Ruy Muniz,  que acredita  que somente a aliança entre educação e saúde nos faz transpor  essas montanhas de Minas e  desbravar novos horizontes.

Às vezes o caminho nos parece muito difícil, mas só  de mãos dadas,  poderemos  levar a saúde ocular  de qualidade por todo o território Brasileiro: Levar a melhor visão, a melhor saúde, com equipamentos modernos e de última geração, e profissionais competentes e especializados.

Estamos abertos às inovações para realizar um atendimento cada dia mais qualificado para os nossos pacientes que fazem parte de nossa história.

Sinto-me muito honrada em dirigir essa conceituada  instituição  de referência nacional em oftalmologia.  

No início, quando assumimos a direção, o hospital atendia um paciente por dia. Hoje, já comemoramos a marca de dois milhões de atendimentos.

Passados 15 anos sob a gestão da SOEBRAS, atendemos mais de 2 milhões de pessoas, uma média de 750 a 800  procedimentos  por dia,   mais 40 cirurgias por dia, com 90% destes atendimentos feitos pelo SUS – Sistema Único de Saúde.

A Fundação conta  também com um Corpo Clínico e técnico formado por mais de 100 colaboradores e 100 médicos fazendo ciência, produzindo e atendendo a população mais necessitada.

Sob a gestão da SOEBRAS, já formamos a décima primeira turma de Especialização, são mais de 200 médicos oftalmologistas, presentes em todo o país.

A todos vocês que fazem parte, dessa família, desses milhões, meu abraço, meu agradecimento pela confiança. Não podemos e não vamos deixar os ideais do professor Hilton Rocha se esvair pelas montanhas de Minas.

A construção desse sonho do Professor Hilton Rocha, foi se delineando ao longo da vida. E eu, prefiro acreditar, que de onde ele estiver, está orgulhoso ao ver que estamos desenvolvendo o nosso trabalho da melhor forma possível. 

Ele nos deixou um legado ímpar, e que vai continuar a se expressar por meio de nossas ações em favor da saúde e da educação. Ainda vamos continuar trabalhando para fazer muito mais pela saúde, um direito de todos os cidadãos.

E é isso, que quero propor a vocês,  deixar nossa visão ir além, muito além desse horizonte da Serra do Curral. Quero agradecer a cada um que está aqui. Tenho certeza que comungamos do mesmo desejo do saudoso Professor Hilton Rocha: Que é o de ver a nossa Fundação sempre promovendo a melhoria na saúde, fazendo de cada atendimento dezenas, centenas, milhares e milhões e consolidando e oportunizando a todos uma saúde digna.

E isso não é sonho. É a nossa  realidade. Que esse dia seja um marco a mais na direção da consolidação e fortalecimento da família Hilton Rocha,  referência  em saúde ocular na América Latina. E se Deus quiser, continuar com essa grande titulação, que muito nos honra.

Com imensa alegria cito aqui os homenageados com a medalha pelos 41 anos da FHR.

Afrânio José Batista , Carlito Vidal da Silva, Deputado Charles Santos, Deputado Estadual Carlos Henrique, Deputado Federal Gilberto Abramo, Diniz Pinheiro, Dr. Anderson Giovanni, Dr. AnDre Vasconcelos Diniz, Dr. Christiano Fausto Barsante, Dr. Elizabeto Ribeiro, Dr. Homero Gusmão, Dr. Jacques Ramos Houly, Dr. Joel Boteon, Dr. Jose Osvaldo Torres de Carvalho, Dra. Juliana Barbi, Dr. Marcelo Arantes do Nascimento, Dr. Segundo Hernandes, Dr. Wagner Gomes, Dra. Adryana Andrade Assunção, Dra. Raquel Muniz, Gustavo Faria, Iracema Silva Barreto, Joao Evangelista Alves de Paula, Júnior Lopes, Kenia Mara Dias, Lais Maria Costa Silveira, Leonardo Canabrava Turra, Luciano Resende, Lúcio Flávio Orcine, Lurdes Nelia Oliveira, Marcilio Saliba, Maria da Conceição Pinto Ferreira – Fiinha, Moacir Eustáquio, Ricardo Lara, Ricardo Rocha, Rosman Carlos do Nascimento, Valma Leite Cunha, Vanderlei Miranda.

 Muito Obrigada!

 

 

 

 

Dúvidas:
SUS (31) 2138-0900
Particular (31) 2138-0902
ouvidoria@fundacaohiltonrocha.com.br
Localização: